A RIMA DO SORRISO


Pousei o desejo; a paisagem
juntou a cor e a lucidez,
provei da melancolia
a rima do sorriso
e sentei-me no olival
a chorar por saberes demais!

As pedras levantaram-se;
esmagaram os poucos frutos.
Subitamente a dúvida
perde o caminho
e o receio impede
o agarrar do momento
e a largura da estrada.

Somem-se as gargalhadas
ainda com ambas as mãos
a querer abraçá-las!

Anúncios

One thought on “A RIMA DO SORRISO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s