A POLÍTICA


O sábio abriu os braços, levantou as mentiras
como se de um pensamento falasse;
esticou os limites do improvável,
como se a esperança não tivesse um preço;
e depois jurou que nos levaria,
como se também no imenso abraço
que pudemos ver,
coubesse o som do trono vazio
e do sono que despertou
toda a fórmula da nossa quietude!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s