RECREIO


Senti a caricia matinal,
como momento,
posto frente ao meu relógio.
Nada que eu soubesse.
Fugir da hora
e a tarde teria parado,
no som dos caminhos
esquecidos de quantos mais
estavam sem  pé.
Avancei pela maré
despertando
o ouro
no abraço escarlate!
Como recreio,
as mãos juntaram-se
imitaram uma canção.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s