OS FRACOS


Corri as cortinas da manhã,
com a impaciência irrecusável
dos sábios apascentados
nas idiossincrasias digitais.

Pulei como quem descobre
a hipotenusa, por surpresa
e depois apenas encontra sentido
entre lamentos e expetativas!

Imaginei os fracos. Escrevem-se
com demasiadas letras.
A idade tornou-os demasiado simples,
parece mais fácil contá-los de cima…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s