EQUAÇÃO QUASE PERFEITA


Faz de conta que era noite,
e da noite se fez a métrica
da equação quase perfeita.
Um nada imenso de si,
só a noite, pintada no horizonte
e uma mão cheia de palavras!
Um sentido renovado
que sempre foi nosso para abraçar.
Crescer é como perder
o fio da meada e os outros sonhos.
Algo que se conta em tom lendário,
por ser demasiado belo
para acreditar!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s